BRIOSOS A VOAR ALTO - HUGO TAVARES

Hugo Tavares, hoje com 17 anos, iniciou o seu percurso na Académica de Santarém no ano de 2010 fazendo parte de uma geração que viria mais tarde a brilhar no Campeonato Nacional de Iniciados. Desde cedo se percebeu que tinha características de medio ofensivo, sendo de destacar entre elas o facto de, desde os 7 anos, jogar com a mesma facilidade com o pé direito e o pé esquerdo, característica que foi aproveitada e potenciada ao extremo pelo seu primeiro treinador Fábio Bona,que o colocava a marcar cantos com o pé direito e o pé esquerdo. Durante o seu percurso na AAS destacam-se os títulos Distritais em Sub-11 e Iniciados, este último ainda como atleta de 1º ano do escalão, tendo neste ano também feito parte da Seleção Distrital que participou no Lopes da Silva em Elvas. Mas o melhor estaria para vir no ano seguinte. Integrado numa geração de atletas de exceção, liderada de forma soberba pelo mister Fernando Santos, que já tinha começado a fazer a transição do Fut 7 para o Fut 11 com esta geração, conseguiu atingir a 3ª fase do campeonato nacional de iniciados, classificando-se em 5º lugar só atrás dos grandes do futebol nacional. Nessa época o Hugo participou em todos os 35 jogos do campeonato, tendo marcado 2 golos, sendo que 1 deles, em Coimbra contra a AAC, foi o que garantiu a qualificação da AAS para a fase 3. As características do Hugo, aliadas á sua capacidade de trabalho, levaram a que o FC Paços de Ferreira o contratasse para integrar a sua equipa de Sub-17 na época de 2019/2020 onde fez 18 jogos no campeonato nacional de Juvenis, tendo marcado 5 golos, e mais 3 jogos pela equipa de Sub-18. O rendimento dele nesta época levou a que o FC Paços de Ferreira o convidasse a integrar na próxima época a equipa de Sub-19, que irá disputar o campeonato nacional de Juniores. Somos imensamente orgulhosos da nossa estrutura e organização, associados à alta qualificação do nosso quadro técnico que permitiram ao Hugo uma evolução sustentada sem comprometer a escola, com níveis de exigência muito elevados, mas ao mesmo tempo sem queimar etapas.

Felicidades Hugo e vai para cima deles!


4 visualizações