Entrevista ao Dinis Caniço - um dos GR da nossa equipa de SUB-12



Hoje falámos com o Dinis Caniço guarda redes do plantel de sub 12 da Associação Académica de Santarém


AAS/EGR – Olá Dinis, sabemos que és um apaixonado pela posição de guarda-redes. Quando é que percebeste que este seria o caminho? DINIS: Quando realizei o primeiro treino percebi que era a posição em jogo que mais gostava de desempenhar.


AAS/EGR – Desde que chegaste à Académica de Santarém o que achas que a Escola Guarda Redes Nuno Martins tem contribuído para o teu crescimento como guarda redes e pessoa? DINIS: Quando integrei este novo clube voltei novamente a desempenhar a posição de GR, pois já não a realizava à 3 anos. Esta opção de integrar um novo clube ajudou-me a decidir pela posição que mais gosto de desempenhar em campo. Como pessoa aprendi a trabalhar melhor em grupo e a melhorar a minha auto-estima.


AAS/EGR – Para ti se tivesses de destacar um momento bom e um mau na tua carreira o que escolhias? DINIS: Como momento bom voltar a ser GR, como momento mau, não ter ganho certas competições em épocas anteriores.


AAS/EGR – Hoje em dia o treino de guarda redes é cada vez mais importante para o desenvolvimento coletivo e individual das equipas, o que achas da sua evolução? DINIS: Cada vez mais o GR é um jogador com maior importância em situação de jogo. Todo o treino de GR feito na Académica é sempre orientado para o jogo e isso tem-me feito evoluir taticamente e ser uma peça cada vez mais importante na equipa.


AAS/EGR – Qual é o teu guarda-redes referência e porquê? DINIS: David de Gea (GR do MUnited). Por ser um GR ágil, com uma boa postura, presença e com rápidas defesas.


AAS/EGR – Quais as tuas expectativas para a próxima época? DINIS: Vencer o campeonato e ganhar um prémio de melhor GR num grande torneio.


AAS/EGR - Diz-nos qual é o teu maior sonho e desejo como Guarda Redes? DINIS: Chegar a uma grande equipa e ganhar torneios internacionais.

140 visualizações